REVISTA ITEM - 94

Editorial - A AGRICULTURA IRRIGADA ENSEJA MOBILIZAÇÕES EM FAVOR DE MELHORES NEGÓCIOS

A parceria da ABID com o Paraná, em 2012, e a realização do XXII Conird em Cascavel e região ensejam um diferenciado patamar de refexões. Como muito bem colocam os promotores deste trabalho, em síntese feita pelo presidente do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Florindo Dalberto, “precisamos buscar os bons exemplos já em prática pelos produtores, com iniciativas como a de utilização de dejetos da suinocultura integrados a projetos de irrigação, de utilização de outraságuas servidas, depurando-as ao passarem pela agricultura irrigada. Essas integrações e o racional aproveitamento da riqueza hídrica e de produção de energia elétrica, com os esforços em favor do manejo das bacias hidrográfcas, têm na Itaipu Binacional e seus diversos parceiros, um considerável acervo de trabalhos que podem contribuir em muito para impulsionar a agricultura irrigada. Jorge Miguel Samek, diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, com a conferência inaugural, estará brindando a todos com essas perspectivas.

São motivações para somarmos ao Plano Diretor em Agricultura Irrigada do Paraná, que o secretário Norberto Ortigara quer discutir e ver em prática, com a pesquisa, a extensão rural e a assistência técnica que precisamos fazer prosperar, tendo o Instituto das Águas do Paraná e tantos outros parceiros para interagirmos. Isso signifca fazer forescer arranjos produtivos e comerciais que o setor privado tanto enseja, como nos ensina o presidente da Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel), Dilvo Grolli.

Mas, sob o ponto de vista do potencial de todo o Estado, estamos diante do desafio de partir do zero em um programa que contemple a agricultura irrigada e suas diversas interfaces. E, para avançar, é importante interagir de várias formas, com vários projetos, frutos de iniciativas individuais na irrigação como as de pastagens, da cana-de-açúcar, na produção de grãos, na fruticultura, na cafeicultura, na olericultura, na floricultura e em tantas outras opções.

Estamos com muita expectativa em relação aos desdobramentos dessa parceria com a ABID, em 2012, os acenos do governo federal e as interlocuções para estimular o setor. Todas as entidades - o setor ambiental, as universidades, as cooperativas, os produtores e os órgãos representativos de classe estão mobilizados para fazer um memorável evento em Cascavel e região, cujas atividades agropecuárias são expoentes no Paraná, onde de tudo acontece. E as lideranças dos setores produtivo e comercial querem superar as recorrentes perdas por défcit hídrico e explorar a capacidade produtiva ao longo de todo o ano. A agricultura do Paraná é uma das mais modernas do Brasil, mas que por razões históricas e culturais, a questão da agricultura irrigada nunca esteve em nossa agenda”.

É muito alvissareiro cotejar essas colocações do presidente Florindo, com a programação do XXII Conird e as diversas matérias em torno deste evento, motivos desta edição da ITEM. Nesse itinerante trabalho da ABID, ano a ano, as parcerias e os comprometimentos para que se leve a bom termo esse desafante trabalho, são fundamentais. Sem o voluntariado, as positivas atitudes em favor da agricultura irrigada, os apoios e cooperações, o desprendimento, a perseverança, as amizades e a paciência de muitos, seria impossível continuar essa empreitada.

Que o coroamento desse evento seja de muitos aprendizados, de muitas integrações de esforços nos diversos planos de governo e da iniciativa privada, com vistas a uma ampla mobilização para que a agricultura irrigada possa permear entre todos nós, como alternativa de fortalecer o campo cada vez mais, garantir o abastecimento e fazer forescer amplitudes de melhores negócios para toda a sociedade. Isso é o que mais gratifica a todos envolvidos neste trabalho.



Helvecio Mattana Saturnino
Presidente da Abid