REVISTA ITEM - 89

Editorial - NOVOS HORIZONTES PARA OS NEGÓCIOS CALCADOS NA AGRICULTURA IRRIGADA

Ao perseguir-se a integração tecnológica, científica, socioeconômica, ambiental, mercantil e de logísticas, com o envolvimento de importantes elos das cadeias dos negócios com base na agricultura irrigada, organismos públicos e privados, em um ambiente favorável à participação de produtores e estudantes, o XXI Conird terá em Petrolina um privilegiado palco para as diversas atividades desse evento.

Esse é o ambiente em que, ano a ano, em parceria com uma das unidades da Federação Brasileira, a ABID tem logrado trabalhar em torno de inovadores exemplos, das boas práticas, de bons negócios e de desafiadores problemas. Ir ao campo, interagir com produtores dos mais diversos portes, ver arranjos produtivos e comenciais, também faz parte da programação. O empreendedorismo, como mola mestra para evidenciar a força da irrigação em favor de mais riquezas, mais empregos permanentes e mais oportunidades em um amplo leque de negócios, com formação de polos de desenvolvimento, é uma forte inspiração em Petrolina. Um rico histórico para inspirar interlocuções em busca de harmonizar e fortalecer interesses convergentes, todos voltados para sustentabilidade econômica, ambiental e social dos negócios calcados na agricultura irrigada.

Entre as cartas de Uberaba, quando do XX Conird, e de Frutal, no lançamento do Núcleo de Tecnologia em Irrigação (NURII), ambos ao final de 2010, são outros os horizontes para 2011. Há que se festejar a sábia e oportuna decisão do governo Dilma Rousseff, sob a inspiração do ministro Fernando Bezerra, de criar a Secretaria Nacional de Irrigação (Senir). Espera-se muito desta Secretaria, que vem atender aos reiterados reclamos por uma base que comande uma política nacional em agricultura irrigada. Há uma enorme expectativa! A realização do XXI Conird haverá de ser também um Fórum para receber e acalentar anunciados avanços e concretos planos, que impulsionem o setor de irrigação.

Das mais diversas formas de alocações negociadas sobre a água, há muito a ser compartilhado em favor do socioeconômico e ambiental, diante do potencial a ser explorado em todo o Brasil. Dessa forma, das requeridas logísticas para permanentes conquistas dos melhores mercados e das visões futuras para o planejamento da agricultura irrigada, estão oportunidades e desafios. Perante este cenário, a organização dos Conirds buscou representantes dos mais diversos elos destas cadeias de valores, envolvendo-os nos trabalhos do XXI Conird. Para isso, com o apoio de várias instituições em Petrolina, hoje uma florescente cidade universitária, do agronegócio, de sofisticadas cadeias, da pesquisa no campo aos consumidores, os mais diversos mundo afora, esta edição está contemplada com várias e oportunas matérias.

Neste universo, a água é o vetor de estratégicos negócios. Assim, o encontro dos responsáveis pelas políticas sobre recursos hídricos e meio ambiente faz harmonizar interesses em favor do desenvolvimento sustentável.

Sob a liderança do secretário Ranilson Ramos, da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (Sara), com o respaldo do governador Eduardo Campos, de Pernambuco, a organização do XXI Conird tem contatado participações e apoios. Nessa parceria estão entrevistas e diversas matérias que enriquecem sobremaneira esta edição. No bojo deste trabalho, está a importância do cooperativismo, do desprendimento de muitos, para que se logre um grande evento em Petrolina.

Assim, sob a inspiração das águas do Velho Chico, o rio da Integração Nacional, vale a pena agendar para os dias 20 a 25/11/2011 a participação neste Fórum que poderá descortinar novos horizontes a seus negócios.



Helvecio Mattana Saturnino
Presidente da Abid